Aprimoramento e Aplicação de Metodologias de Detecção do Desmatamento no Bioma Pampa

Flora Martins (FUNCATE) e Dalton de Morisson Valeriano (INPE)

Produto 7 - Construção de série histórica de mapas de desmatamento

O aprimoramento das metodologias de detecção de desmatamentos produzirá uma série histórica de mapas de desmatamento no Bioma Pampa de forma elaborada e validada.

Será construída uma série histórica de mapas de desmatamento bienais para o período 2000-2010, para apoiar a construção de proposta para o FREL-Pampa. Primeiramente será construído o mapa do desmatamento do ano 2000 (mapa base), e em seguida serão produzidos os mapas de incremento do desmatamento para os anos 2002, 2004, 2006, 2008 e 2010, compatíveis com o mapa-base.

A série histórica a ser construída possibilitará a realização de estimativas consistentes e frequentes (bienais) de emissões de gases de efeito estufa provenientes do desmatamento no bioma Pampa para o período de 2000-2010. Uma mesma equipe de intérpretes irá gerar os dados de desmatamento para toda a série, diminuindo potenciais inconsistências na identificação de padrões de desmatamento.

Para os anos de 2002 e 2010, considerando a existência de mapas previamente elaborados (para a II e III Comunicação Nacional, respectivamente), mas que não respondem aos objetivos da série histórica que será construída, será realizada análise de compatibilização dos mapas produzidos com os mapas utilizados nas comunicações nacionais.

Produto 8 - Cálculo das emissões de CO2 e construção da proposta do FREL

Após a construção da série histórica 2000-2010 será feita a estimativa das emissões de CO2 sobre as áreas desmatadas 2000-2002, 2002-2004, 2004-2006, 2006-2008 e 2008-2010 para construção da proposta de FREL (Forest Reference Emission Level) do Bioma Pampa.

Será utilizada a metodologia do Guia de Boas Práticas do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC em inglês) para o setor LULUCF (IPCC, 2003), como base para estimar as mudanças no estoque de carbono decorrentes da conversão de florestas em outras categorias de uso da terra. Tal metodologia considera o estoque de carbono imediatamente antes e imediatamente após a conversão de uso.

Os cálculos serão feitos com base na área de desmatamento anual bruta medida pelo desmatamento observado na séria histórica, e no fator de emissão associado à densidade de carbono das diferentes fisionomias florestais refletidas no mapa de carbono do Terceiro Inventário Nacional de Gases de Efeito Estufa, desenvolvido com base nos dados do projeto RADAMBRASIL e Mapa de Vegetação do IBGE (2004).

Produto 9 - Monitoramento anual do desmatamento no período 2013-2020

Paralelamente à construção do FREL, e após a preparação do mapa base (ano 2000), será iniciada a produção de mapas de áreas desmatadas para monitoramento anual do desmatamento no Bioma Pampa.

O mapeamento anual será gerado a partir de um conjunto de imagens do satélite Landsat 8/OLI ou similares, cobrindo toda a extensão do Bioma Pampa. Serão identificadas áreas de corte raso, ou seja, retirada completa da cobertura florestal, maiores que 6,25 hectares (ha).


Percentual de execução do subprojeto:

21%